quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Planejamento anual de História 1º ao 9º ano - Fundamental 1 e 2




























HISTÓRIA 1º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer a importância do nome como forma de identificação.
  Identificar as diferenças e semelhanças entre o aluno, sua família e as pessoas que trabalham na escola.
  Perceber permanências e mudanças nas atividades e hábitos envolvendo rotinas diárias, semanais, mensais e anuais (na casa, na escola, no lazer).
  Identificar diferentes sujeitos (pessoas, famílias, grupos) envolvidos nos acontecimentos cotidianos (familiares, escolares, sociais) e reconhecer grupos de convivência por idade, sexo e pertencimento - família, escola, sala de aula, local de trabalho, profissão, local de nascimento.
  Identificar e valorizar formas de convívio social nas brincadeiras, jogos e festas presentes em diferentes tempos, reconhecendo mudanças e permanências nesses hábitos e registrando suas relações com grupos, elementos culturais e marcadores de tempo.
  Relatar oralmente fatos marcantes de sua vida: festas, passeios, presentes.
  Comparar fotos do seu passado com fotos atuais.
  Identificar as relações mais simples de parentesco.
  Reconhecer a existência de diversos grupos familiares com destaque para o indígena e o africano.
Cada um é do seu jeito: quem é você?
X


O “Eu” histórico: compreender-se como
sujeito histórico.
X


Pesquisas com o significado do seu nome e o
motivo da escolha pelos pais.
X


A criança indígena: nomes e história de vida
das crianças indígenas atuais.

X

A criança africana: nomes e história de vida
das crianças africanas atuais.

X

Crianças de outros lugares.

X

Documentos e cidadania: RG, certidão de
nascimento, cartão de vacina.

X

Folclore no cotidiano da criança e a diversidade (indígena e africano):  lendas, mitos, brinquedos, brincadeiras, comidas
típicas e festas.


X

Reconhecer a contagem  do tempo como elemento    de                   organização        das                   atividades
cotidianas: dia, semana, mês e ano.



X
Escola: lugar de convivência.


X
Sujeitos sociais que trabalham na escola.


X

HISTÓRIA 2º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRE
  Identificar as diferenças e semelhanças entre o aluno, sua família e as pessoas que trabalham na escola.
  Perceber permanências e mudanças nas atividades e hábitos envolvendo rotinas diárias, semanais, mensais e anuais (na casa, na escola, no lazer).
  Identificar diferentes sujeitos (pessoas, famílias, grupos) envolvidos nos acontecimentos cotidianos (familiares, escolares, sociais) e reconhecer grupos de convivência por idade, sexo e pertencimento - família, escola, sala de aula, local de trabalho, profissão, local de nascimento.
  Identificar e valorizar diferentes grupos familiares e manifestações religiosas.
  Identificar diferenças entre a escola de ontem e a de hoje.
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos, hábitos e costumes relacionados à família e à escola.
  Relatar oralmente fatos marcantes de sua vida: festas, passeios, presentes.
  Comparar fotos do seu passado com fotos atuais.
  Identificar as relações de parentesco mais simples.
  Reconhecer a existência de diversos grupos familiares com destaque para o indígena e o africano.

História da sua família.

X



Árvore genealógica e as mudanças ao longo do tempo.

X



Família e religião: grupos familiares indígena e africano.

X



História e mudanças: família e escola de ontem e de hoje.

X


Tempo e espaço histórico: formas de medir o tempo; ordenação, duração e tipos de rotina.


X


HISTÓRIA 2º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRE
  Distinguir o ontem, o hoje e o amanhã.
  Identificar a duração do dia, da semana, do mês e do ano.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes (entrevistas, pesquisa bibliográfica, imagens, etc).
  Identificar a si mesmo e às demais pessoas como membros de vários grupos de convívio (familiares, étnico-culturais, escolares, de vizinhança, religiosos, recreativos, esportivos, etc).
  Vivenciar os eventos folclóricos (locais, regionais e/ou nacionais), valorizando as diferentes culturas e tradições.
  Identificar dados oficiais sobre a história da localidade (escola, rua, bairro): origem do nome, data de criação, localização geográfica, profissões, etc.
  Utilizar registros pessoais e familiares para formular e expressar (oralmente, graficamente e/ou por escrito) uma sequência narrativa a respeito da própria história e de sua cidade.

Diferentes formas de registro da passagem do tempo em diferentes culturas.



X


O folclore no cotidiano familiar: lendas, mitos, brinquedos, brincadeiras, comidas típicas e festas.



X


Ruas da escola e do local onde vive: origens históricas.




X


As principais profissões de ontem e hoje.




X

HISTÓRIA 3º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Identificar diferenças e semelhanças entre o aluno, sua família e as pessoas que trabalham na escola.
  Perceber permanências e mudanças nas atividades e hábitos envolvendo rotinas diárias, semanais, mensais e anuais (na casa, na escola, lazer).
  Identificar diferentes sujeitos (pessoas, famílias, grupos) envolvidos nos acontecimentos cotidianos (familiares, escolares,  sociais)  e reconhecer grupos de convivência (étnico-culturais, por idade, sexo e pertencimento - família, escola, sala de aula, local de trabalho, profissão, local de nascimento).
  Comparar aspectos da escola como lugar de aprender em diferentes culturas, no Brasil de hoje e em diferentes tempos, reconhecendo suas mudanças e permanências.
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos  e costumes no espaço escolar ao longo do tempo.
  Relatar oralmente fatos marcantes de sua vida: festas, passeios, presentes.
  Comparar fotos do seu passado com fotos atuais.
Acontecimentos importantes na vida pessoal: o aluno e sua história (aniversários e
acontecimentos importantes).

X


Os documentos e a história: fontes históricas.
X


Diferenças entre escolas: indígena, africana, rural e de outros lugares.
X


História da escola: origem, nome, endereço, funcionários e ex-alunos.

X

Símbolos da escola e da cidade: brasão, bandeiras e hinos.

X

O bairro da escola: características e serviços.

X


HISTÓRIA 3º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Pesquisar sobre a origem da cidade de Santos.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes da cidade de Santos.
  Conhecer e usar as diferentes medidas de tempo.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes (entrevistas, pesquisa bibliográfica, imagens, etc).
  Vivenciar os eventos rememorativos e identificar os fatos históricos aos quais se referem.
  Identificar e diferenciar os patrimônios culturais (materiais e imateriais) da localidade (rua, bairro e município).
  Utilizar registros pessoais e familiares para formular e expressar (oralmente, graficamente e/ou por escrito) uma sequência narrativa a respeito da própria história e /ou da cidade.



O lugar onde se vive: origem da cidade; por que o nome Santos; e atualidades.






X



Patrimônio histórico e cultural: lugares de memórias de Santos.






X

HISTÓRIA 4º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Identificar e valorizar formas de convívio social presentes em diferentes tempos, reconhecendo mudanças e permanências em hábitos culturais e marcadores de tempo.
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos, hábitos e costumes de diferentes povos e épocas.
  Pesquisar sobre o ciclo econômico açucareiro.
  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais com destaque para o indígena e o português.
  Identificar as diferenças culturais, étnicas, de idade, religião, costumes, gêneros, sistemas econômicos e políticos.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes.
  Conhecer e usar diferentes medidas de tempo.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes (entrevistas, pesquisas bibliográficas, imagens, etc).
  Vivenciar eventos rememorativos e identificar fatos históricos aos quais se referem.
  Identificar e diferenciar os patrimônios culturais (materiais e imateriais) da localidade (rua, bairro e município).
  Conhecer a história do município onde mora, valorizando e respeitando a memória local.
  Identificar fontes históricas do município.
  Identificar em mapas seu município e estado.

Os principais grupos étnicos que habitavam o território da Baixada Santista: homens de Sambaqui e indígenas do litoral e planalto.


X



Os portugueses fundam seus domínios: o povoado do Enguaguaçu e as Vilas de São Vicente, Santos e São Paulo.


X




Santos e o açúcar: apogeu e decadência.


X



Patrimônio histórico: o Engenho dos Erasmos.


X



Fortes e ataques estrangeiros: necessidade de fortificação e defesa.



X


HISTÓRIA 4º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Conhecer e identificar diferentes documentos/fontes históricas, percebendo sua importância para o estudo da História.
  Adquirir gosto/hábito pela investigação e leitura de diferentes documentos.
  Inferir sobre as noções de décadas, século e milênio.
  Reconhecer e caracterizar aspectos gerais do modo de ser, viver e trabalhar das sociedades indígenas e remanescentes de quilombos.
  Conhecer alguns problemas indígenas relacionados à questão da terra e à preservação de sua cultura.
  Inferir sobre as relações de domínio dos brancos sobre os índios e negros.
  Reconhecer os traços culturais europeus, principalmente portugueses, que permanecem nos costumes do dia a dia.
  Entender que a ocupação territorial e o desenvolvimento da atividade econômica visavam garantir a posse das terras e o lucro para a coroa portuguesa.
  Conhecer a história dos escravos africanos e seus descendentes  no Brasil, a exploração de seu trabalho, a violência que sofreram, assim como suas formas de organização para resistir à escravidão.
  Reconhecer a importância das transformações econômicas, sociais e políticas ocorridas em diferentes épocas e sua relação com a história nacional.

O porto do açúcar e a expansão cafeeira.


X

O Porto de Santos e a Independência do Brasil: a participação de José Bonifácio.


X


Santos e a luta pela abolição.


X

As transformações e a expansão urbana: o porto organizado, os canais, serviços públicos e crescimento da cidade.


X

O Porto e o sindicalismo: a luta por melhores condições de vida.



X
Santos - anos 50: expansão do turismo, polo petroquímico e rodovias.



X

Santos: política e atualidades.



X

HISTÓRIA 5º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Compreender e diferenciar a História como ciência, o conhecimento histórico produzido na escola e a história pessoal dos alunos.
  Reconhecer mudanças ao longo do tempo, registrando suas relações com grupos, elementos culturais e marcadores de tempo.
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos relacionados à sua história.
  Relatar oralmente fatos marcantes de sua vida: festas, passeios, presentes.
  Comparar fotos de seu passado com fotos atuais.
  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais com destaque para o indígena.
  Identificar as diferentes formas de povoamento da América.
  Identificar as primeiras formas de contato entre portugueses e indígenas.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Compreender as formas de dominação impostas pelo poderio português.
  Vivenciar eventos rememorativos e identificar fatos históricos aos quais se referem.
  Selecionar e utilizar registros pessoais e familiares  para  formular  e expressar (oralmente, graficamente e/ou por  escrito) uma sequência narrativa a respeito de sua própria história.
O que é História?
História pessoal: história da vida do aluno e o uso de fontes históricas.


X


O Brasil antes dos indígenas: povoamento do continente americano (via marítima e terrestre).


X




Os indígenas do Brasil: passado e presente.


X



Grandes navegações e a ocupação do território: expedições.


X


Formas de administrar e ocupar a colônia: capitanias hereditárias, governo geral e a produção açucareira.


X



HISTÓRIA 5º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer e caracterizar aspectos gerais do modo de ser, viver e trabalhar das sociedades indígenas e remanescentes de quilombos.
  Conhecer alguns problemas indígenas e quilombolas relacionados à questão da terra e à preservação de sua cultura.
  Inferir sobre as relações de domínio dos brancos sobre índios e negros a partir da imposição do trabalho escravo e da aculturação provocada pela catequese.
  Entender que a ocupação territorial e o desenvolvimento da atividade econômica visavam garantir a posse das terras e o lucro para a coroa portuguesa.
  Reconhecer os traços culturais europeus, principalmente portugueses, que permanecem nos costumes do dia a dia.
  Conhecer a história dos escravos africanos e seus descendentes  no Brasil, a exploração de seu trabalho, a violência que sofreram, assim como suas formas de organização para resistir à escravidão.
  Reconhecer que a escravidão foi a principal fonte de lucro no tráfico negreiro.
  Interpretar mapas históricos e criar hipóteses explicativas para a ocupação territorial.
  Inferir sobre o conceito de liberdade na época da escravidão e nos dias atuais.

A escravidão: o tráfico de escravos para o Brasil, a exploração da mão de obra.


X

O continente africano e sua diversidade cultural: influências na formação do povo brasileiro.


X


O negro na sociedade atual.


X


A descoberta do ouro: Minas Gerais e a Conjuração Mineira.


X

Vinda da Família Real Portuguesa: transformações econômicas, sociais, culturais e políticas - a Independência do
Brasil.


X


Primeiro e segundo reinado.


X


HISTÓRIA 5º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Identificar diferentes documentos/fontes históricas, reconhecendo sua importância para o estudo da história.
  Demonstrar gosto/hábito pela investigação e leitura de diferentes documentos.
  Reconhecer e caracterizar os movimentos abolicionista e republicano.
  Conhecer alguns problemas indígenas relacionados à questão da terra e à preservação de sua cultura.
  Reconhecer os traços culturais dos imigrantes europeus que permanecem nos costumes do dia a dia.
  Compreender os processos de expansão cafeeira e as transformações impostas.
  Reconhecer os principais processos políticos ocorridos na primeira metade do século XX.
  Interpretar diferentes fontes históricas referentes ao período militar e à abertura política.
  Inferir sobre fatos da atualidade.
Os movimentos abolicionista e republicano.

X

Os imigrantes chegam ao Brasil.


X
A cultura cafeeira: transformações econômicas, políticas e culturais.


X
Brasil República: ontem e hoje.


X
República Velha e Era Vargas: A luta dos trabalhadores no Brasil e a conquista de
direitos.



X
Ditadura Militar e Diretas Já: a Nova República.


X
Atualidades.


X

HISTÓRIA 6º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais com destaque para o indígena e o africano.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Conhecer e usar diferentes medidas de tempo.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes (entrevistas, pesquisa bibliográfica, imagens, etc).
  Identificar a si mesmo e às demais pessoas como membros de vários grupos de convívio (familiares, étnico-culturais, escolares, de vizinhança, religiosos, recreativos, esportivos, etc).
  Selecionar e utilizar registros pessoais e familiares  para  formular  e expressar (oralmente, graficamente e/ou por  escrito) uma sequência narrativa a respeito da sua própria história.
  Conhecer a história do município onde mora, valorizando e respeitando a memória local.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais de aspectos da cultura do seu município.


Povos indígenas chegam à Baixada Santista: povos de Sambaqui.



X




A vida cotidiana dos indígenas: a ilha de Guaiaó e a formação das vilas e cidades.



X




A construção do conhecimento histórico: fonte histórica, interpretação histórica, a relação passado/presente e temporalidades.



X



HISTÓRIA 6º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos, hábitos e costumes relacionados a brincadeiras, jogos e festas de diferentes povos e épocas.
  Identificar a duração das diferentes atividades no seu cotidiano.
  Identificar as diferenças culturais, étnicas, de idade, religião, costumes, gêneros, sistemas econômicos e políticos.
  Identificar diferentes documentos/fontes históricas, reconhecendo sua importância para o estudo da história.
  Demonstrar gosto/hábito pela investigação e leitura de diferentes documentos.
  Conhecer alguns problemas indígenas relacionados à questão da terra e à preservação de sua cultura.
  Interpretar mapas históricos e criar hipóteses explicativas para a ocupação territorial.
  Inferir sobre o conceito de liberdade e escravidão ontem e hoje.
  Comparar o significado histórico-geográfico das organizações políticas e socioeconômicas em escala local, regional ou mundial.
  Reconhecer a diversidade religiosa e o surgimento do monoteísmo ético.
  Reconhecer a dinâmica da organização dos movimentos sociais e a importância da participação da coletividade na transformação da realidade histórico-geográfica.
  Identificar registros sobre o papel das técnicas e tecnologias na organização do trabalho e/ou da vida social.
  Analisar as lutas sociais e conquistas obtidas, no que se refere a mudanças nas legislações ou políticas públicas.
  Conhecer as formas de divisão do trabalho criadas pelos grupos sociais nas suas atividades de sobrevivência e relacioná-las com a divisão atual do trabalho, com ênfase na escravidão e no campesinato na Antiguidade.
  Identificar, nos códigos legais, a presença e a preservação das desigualdades que caracterizam as sociedades ao longo da história.
Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente: surgimento do homem e a evolução. A África como o “berço
da humanidade”.

X



A vida na Pré-História: paleolítico e neolítico.

X


O povoamento da América: teorias e desenvolvimento humano.


X

O surgimento do Estado: entre a Ásia e a África e as civilizações do oriente próximo:
Egito e Mesopotâmia.


X


As civilizações africanas: Nubia e Axum.


X

As civilizações do oriente próximo II: hebreus, fenícios e persas.


X


As civilizações da Ásia: Índia e China.


X

A Grécia Antiga: sociedade, vida cotidiana,
mitos, religião, cidades-estado, polis, democracia e cidadania.



X

Democracia hoje: noções básicas.



X
A Roma Antiga: vida urbana, religião, república, escravidão e expansão.



X
O fim do Império Romano: invasões bárbaras e Cristianismo.



X

HISTÓRIA 7º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais com destaque para o indígena e o africano.
  Caracterizar o modo de vida de uma coletividade indígena que vive ou viveu na região, distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes, utilizando como referência a data de publicação.
  Conhecer e usar diferentes medidas de tempo.
  Identificar a si mesmo e às demais pessoas como membros de vários grupos de convívio (familiares, étnico-culturais, escolares, de vizinhança, religiosos, recreativos, esportivos, etc).
  Vivenciar os eventos rememorativos e identificar os fatos históricos aos quais se referem.
  Conhecer a história do município onde mora, valorizando e respeitando a memória local.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais de aspectos da cultura de seu município.
Dominação e encontro de culturas: os portugueses chegam à Baixada Santista - as vilas de Santos e São Vicente.



X


A colonização avança: Santos e a produção de açúcar (Engenho dos Erasmos).




X

Nem tudo era ouro: a Baixada Santista durante os séculos XVII e XVIII.




X

Patrimônio cultural: os templos religiosos e os casarões do período colonial.




X

HISTÓRIA 7º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Valorizar diferentes formas de convívio social presentes em diferentes tempos, reconhecendo mudanças e permanências.
  Identificar as principais características do sistema de trabalho na Idade Média europeia, com destaque para a servidão.
  Identificar os principais fundamentos religiosos e sociais das Cruzadas Medievais.
  Reconhecer que a formação das sociedades contemporâneas é resultado de interações e conflitos de caráter econômico, político e cultural.
  Identificar o papel do Islã para a expansão Árabe.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes (entrevistas, pesquisa bibliográfica, imagens, etc).
  Identificar diferentes documentos/fontes históricas, reconhecendo sua importância para o estudo da história.
  Conhecer alguns problemas indígenas relacionados à questão da terra e à preservação de sua cultura.
  Inferir sobre as relações de domínio dos brancos sobre índios e negros a partir da imposição do trabalho escravo e da aculturação provocada pela catequese.
  Reconhecer os traços culturais europeus, principalmente portugueses, que permanecem nos costumes do dia a dia.
O Feudalismo: relações sociais, econômicas, políticas e religiosas.

X



As cruzadas e o contato entre as sociedades europeias e orientais: violência e intolerância.

X



A expansão islâmica e os povos árabes.

X


Os impérios africanos, sua formação política, econômica, social e cultural. Congo, Mali e Gana.

X


Formação das Monarquias Nacionais Europeias Modernas (Portugal, Espanha, Inglaterra e França).

X


Os fundamentos teóricos do Absolutismo e as práticas das Monarquias Absolutistas.

X


Cisão no Cristianismo: Reforma Protestante e Contrarreforma Católica.


X


HISTÓRIA 7º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Entender que a ocupação territorial e o desenvolvimento da atividade econômica visavam garantir a posse das terras e o lucro para a coroa portuguesa.
  Conhecer a história dos escravos africanos e seus descendentes  no Brasil, a exploração de seu trabalho, a violência que sofreram, assim como suas formas de organização para resistir à escravidão.
  Reconhecer que a escravidão africana foi a principal fonte de lucro no tráfico negreiro.
  Inferir sobre o conceito de liberdade na época da escravidão e nos dias atuais.
  Identificar registros sobre o papel das técnicas e tecnologias na organização do trabalho e/ou da vida social.
  Analisar diferentes processos de produção ou circulação de riquezas e suas implicações socioespaciais.
  Identificar as principais características das formações sociais a partir de mapas e documentos iconográficos e alfabetizar-se cartograficamente, reconhecendo continentes atuais.
  Reconhecer os principais elementos formadores das teorias absolutistas.
  Estabelecer relações entre o Absolutismo e a Teoria de direito divino dos reis.
  Identificar os principais fatores que levaram ao enfraquecimento do poder da Igreja Católica no início dos Tempos Modernos.
  Identificar os principais fundamentos das transformações religiosas ocorridas na Europa (Reforma e Contrarreforma).

Grandes Navegações: expansão marítima europeia e os impactos para o mundo hoje.


X


O encontro entre dois mundos: europeus e indígenas da América.


X


Sociedades Incas, Maias e Astecas e outros grupos étnicos.


X


A conquista espanhola na América.


X


Sociedades indígenas no território brasileiro.



X

A conquista dos portugueses na América.



X

Administração e desenvolvimento da economia colonial no Brasil.



X

HISTÓRIA 7º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer as principais características da Reforma Protestante.
  Reconhecer as principais características da Contrarreforma Católica.
  Identificar os principais objetivos e as características do processo europeu de expansão e conquista a partir dos séculos XV-XVI.
  Identificar as principais características e consequências das relações ampliadas ou estabelecidas entre os europeus e os povos de outros
continentes, como África, Ásia e América.


A escravidão no Brasil: cultura, religião e influências para o Brasil atual.
Resistência e Miscigenação.





X

HISTÓRIA 8º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES

  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais com destaque para o indígena e o africano.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes, utilizando como referência a data de publicação.
  Identificar a si mesmo e às demais pessoas como membros de vários grupos de convívio (familiares, étnico-culturais, escolares, de vizinhança, religiosos, recreativos, esportivos, etc).
  Vivenciar os eventos rememorativos e identificar os fatos históricos aos quais se referem.
  Conhecer a história do município onde mora, valorizando e respeitando a memória local.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais acerca de aspectos da cultura do seu município.
  Identificar em mapas seu município e estado.

O crescimento da região da Baixada Santista: Porto e café no século XIX.



X

O papel de Santos na Independência do Brasil.


X


As lutas pela liberdade em Santos: abolicionismo e quilombo.



X

Patrimônio cultural: Bolsa do Café e Porto.



X

HISTÓRIA 8º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES LOCAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos, hábitos e costumes relacionados a brincadeiras, jogos e festas de diferentes povos e épocas.
  Reconhecer que a formação das sociedades contemporâneas é resultado de interações e conflitos de caráter econômico, político e cultural.
  Identificar as principais características do pensamento iluminista e os valores por ele defendidos.
  Reconhecer as principais influências do pensamento iluminista na organização política da sociedade ocidental.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes.
  Identificar diferentes documentos/fontes históricas, reconhecendo sua importância para o estudo da história.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais acerca de aspectos da cultura.
  Identificar as influências do pensamento iluminista nos textos declaratórios da independência dos EUA.
  Relacionar a ruptura dos EUA com a crise do Antigo Regime.
  Identificar, a partir de documentos, índios e negros como excluídos após a independência dos EUA.
  Reconhecer que a escravidão africana foi a principal fonte de lucro no tráfico negreiro.
  Inferir sobre o conceito de liberdade na época da escravidão e nos dias atuais.
  Comparar o significado histórico-geográfico das organizações políticas e socioeconômicas em diferentes escalas.
  Identificar registros sobre o papel das técnicas e tecnologias na organização
do trabalho e/ou da vida social.


Revoluções sociais e políticas na Europa Moderna.


X




A grande transformação: o Iluminismo.


X




A Revolução Francesa: o fim da Monarquia e a República.


X



Revolução Industrial: transformações sociais e econômicas.


X




A Era Napoleônica e as guerras na Europa.


X



HISTÓRIA 8º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES LOCAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Analisar diferentes processos de produção ou circulação de riquezas e suas implicações socioespaciais.
  Identificar as principais características das formações sociais a partir de mapas e documentos iconográficos e alfabetizar-se cartograficamente, reconhecendo os continentes atuais.
  Reconhecer os principais elementos formadores das teorias iluministas.
  Identificar as principais características das formas de trabalho introduzidas na América pelos europeus e as principais formas de resistência das populações ameríndia e negra às relações de exploração.
  Identificar as principais características e consequências das relações ampliadas ou estabelecidas entre os europeus e os povos de outros continentes, como África, Ásia e América.
  Estabelecer relações quanto à exploração do trabalho infantil na época da Revolução Industrial e nas sociedades contemporâneas, inclusive no Brasil.
  Identificar, a partir do estudo sobre o trabalho infantil e o da mulher, as permanências na dinâmica do processo histórico.
  Identificar as principais características da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 1789, e sua influência nas sociedades contemporâneas.
  Identificar os principais conceitos necessários à compreensão da Revolução Francesa (sociedade estamental, burguesia, nobreza, antigo regime, iluminismo, sufrágio universal, cidadania, direitos humanos e liberalismo).
  Estabelecer relações entre a vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil em 1808, a expansão napoleônica e o bloqueio continental.
  Identificar as principais características dos regimes políticos denominados Monarquia e República.

As lutas pela conquista da independência política das colônias da América.



X


A liberdade chega à América: Independência dos Estados Unidos.



X



As Independências da América Espanhola.



X


Movimentos de Emancipação no Brasil: Conjuração Mineira e Conjuração Baiana.



X


O processo de Independência do Brasil: da chegada da Família Real até a Independência.



X


O período Imperial no Brasil: Primeiro Reinado e as instabilidades políticas.



X


HISTÓRIA 8º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES LOCAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer a independência do Brasil como um processo que resultou no estabelecimento de um Estado adequado aos interesses da elite agrária e escravista.
  Estabelecer relações passado/presente no estudo das permanências e rupturas na dinâmica do processo histórico.
  Identificar as principais revoltas e rebeliões do Período Regencial, suas características, seus objetivos e resultados.
  Identificar os principais conceitos do ideário dos movimentos revolucionários europeus do século XIX e sua influência nas posições político-partidárias da atualidade, principalmente Anarquismo, Socialismo e Comunismo.
  Comparar organizações políticas, econômicas e sociais no mundo contemporâneo, reconhecendo propostas que visem reduzir as desigualdades sociais.
  Compreender a questão da terra no Brasil, identificando as diversas formas de propriedade ao longo da história, bem como a organização fundiária e os movimentos sociais a ela ligados.
  Identificar as formas de resistência dos africanos e afrodescendentes, visando à extinção do trabalho escravo com ênfase para os quilombos.
  Relacionar as condições de vida dos trabalhadores aos movimentos sociais por eles desenvolvidos.

O período Imperial no Brasil: período regencial e as lutas contra a centralização política, a escravidão e a monarquia.




X


O período Imperial: Segundo Reinado e o fim da escravidão.




X


Os Estados no século XIX.




X

Movimentos sociais e políticos na Europa no século XIX: as ideias socialistas, comunistas e anarquistas nas associações de trabalhadores.




X

HISTÓRIA 9º ANO
HISTÓRIA LOCAL E ESTUDO DO COTIDIANO
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Reconhecer a existência de diversos grupos culturais, com destaque para o indígena e o africano.
  Localizar em jornais, revistas e outros materiais fatos antigos e recentes, utilizando como referência a data de publicação.
  Conhecer e usar diferentes medidas de tempo.
  Identificar a si mesmo e às demais pessoas como membros de vários grupos de convívio (familiares, étnico-culturais, escolares, de vizinhança, religiosos, recreativos, esportivos, etc).
  Vivenciar os eventos rememorativos e identificar os fatos históricos aos quais se referem.
  Identificar e diferenciar os patrimônios culturais (materiais e imateriais) da localidade (rua, bairro e município).
  Conhecer a história do município onde mora, valorizando e respeitando a memória local.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais de aspectos da cultura de seu município.
  Identificar em mapas seu município e estado.


Imigração na Baixada Santista: novos sujeitos, novas ideias.


X




As lutas populares e sindicais em Santos.


X




Santos no contexto da Ditadura Militar.




X

HISTÓRIA 9º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Organizar e registrar (em textos, imagens e linha do tempo) acontecimentos, hábitos e costumes relacionados a brincadeiras, jogos e festas de diferentes povos e épocas.
  Reconhecer que a formação das sociedades contemporâneas é resultado de interações e conflitos de caráter econômico, político e cultural.
  Identificar as principais características do pensamento iluminista e os valores por ele defendidos.
  Reconhecer as principais influências do pensamento iluminista na organização política da sociedade ocidental.
  Buscar informações em diferentes tipos de fontes históricas.
  Conhecer e identificar diferentes documentos/fontes históricas, percebendo sua importância para o estudo da História.
  Interpretar historicamente (e/ou geograficamente) fontes documentais de aspectos da cultura.
  Reconhecer a importância do Imperialismo como componente essencial do processo de construção das desigualdades  socioeconômicas entre o conjunto das potências capitalistas e o mundo dos países pobres.
  Reconhecer os traços culturais europeus que permanecem nos costumes do dia a dia.
  Inferir sobre o conceito de liberdade na época da escravidão e nos dias atuais.
  Comparar o significado histórico-geográfico das organizações políticas e socioeconômicas em diferentes escalas.

Imperialismo e Neocolonialismo no século XIX: dominação europeia na África e na Ásia.


X



Fim da Monarquia: ideais republicanos e fim da escravidão.


X




A república que não foi: a República no Brasil.


X



A Proclamação da República e o domínio oligárquico: República da Espada e República Velha.


X




Primeira Guerra Mundial.



X


HISTÓRIA 9º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Identificar registros sobre o papel das técnicas e tecnologias na organização do trabalho e/ou da vida social.
  Analisar diferentes processos de produção ou circulação de riquezas e suas implicações socioespaciais.
  Identificar as principais características das formações sociais a partir de mapas e documentos iconográficos e alfabetizar-se cartograficamente, reconhecendo os continentes atuais.
  Identificar as principais características e consequências das relações ampliadas ou estabelecidas entre os europeus e os povos de outros continentes, como África, Ásia e América.
  Identificar as principais características dos regimes políticos denominados Monarquia e República.
  Estabelecer relações passado/presente no estudo das permanências e rupturas na dinâmica do processo histórico.
  Identificar os principais conceitos do ideário dos movimentos revolucionários europeus do século XIX e sua influência nas posições político-partidárias da atualidade, principalmente Anarquismo, Socialismo e Comunismo.
  Comparar organizações políticas, econômicas e sociais no mundo contemporâneo, reconhecendo propostas que visem reduzir as desigualdades sociais.
  Identificar as formas de resistência dos africanos e afrodescendentes, visando à extinção do trabalho escravo com ênfase para os quilombos.
  Identificar os significados históricos das relações de poder entre as nações e suas decorrências nos conflitos armados.
  Estabelecer relações entre a expansão imperialista durante o século XIX e a necessidade de novos mercados consumidores para as potências industrializadas comercializarem sua produção.


O período entre guerras: nazismo e fascismo.



X



Democracia e Ditadura: a Era Vargas.



X


Imperialismo, geopolítica e os conflitos no século XX.



X



Segunda Guerra Mundial.



X



Geopolítica e conflitos: a Guerra Fria.



X


O período democrático (1946-1964).



X

HISTÓRIA 9º ANO
HISTÓRIA DAS ORGANIZAÇÕES POPULACIONAIS
HABILIDADES
CONTEÚDOS
TRIMESTRES
  Estabelecer relações entre o combate ao tráfico de escravos e os interesses das potências europeias.
  Estabelecer relações entre os avanços tecnológicos da indústria bélica e as perdas humanas ocorridas nas guerras.
  Relacionar as condições de vida dos trabalhadores aos movimentos sociais por eles desenvolvidos.
  Reconhecer que as relações de dominação, subordinação e resistência fazem parte da construção de instituições políticas, sociais e econômicas.
  Identificar e caracterizar os principais movimentos de contestação ao Império e sua influência na proclamação da República no Brasil.
  Reconhecer as principais características dos regimes Monárquico e Republicano no Brasil.
  Reconhecer as limitações da República instalada no Brasil.
  Reconhecer o papel da propaganda de massa nas sociedades históricas.
  Reconhecer a liberdade de práticas de religião e religiosidade dos  indivíduos e grupos sociais como um direito básico da cidadania.
  Reconhecer os principais movimentos nacionalistas na África e na Ásia envolvidos nas lutas pela independência.
  Estabelecer relações entre a Guerra Fria e os golpes militares na América Latina.
  Estabelecer relações entre a Segunda Guerra Mundial e o processo de descolonização da África e da Ásia.
  Reconhecer os principais elementos que definem os conceitos de Nova Ordem Mundial e Globalização.


Os nacionalismos na África e na Ásia e as lutas pela Independência.




X



A Ditadura Militar.





X


O fim da Guerra Fria e a Nova Ordem Mundial.





X



A redemocratização no Brasil.





X